Quem sou eu

Minha foto
Salvador, Bahia, Brazil
Olá blogueiras, me chamo Esthefane, tenho 20 anos, criei este blog para o acompanhamento da minha gestação e o crescimento da minha filhota. irei contando a minha história e fazer novas amizades !Engravidei aos 19 anos, mesmo tendo ovario micropolicisticos. Agora sou a mamãe da Esthela que nasceu no dia 06/04/2013, ás 16:02 de parto cesário.

Seguidores

Total de visualizações de página

Tecnologia do Blogger.

1° dia de vida

1° dia de vida
3,430 kg e 50 cm

1° mês e 15 dias

1° mês e 15 dias
5,500 kg e 50 cm

2° mês

2° mês
não foi pesada

3° mês e 10 dias

3° mês e 10 dias
7,900 kg e 64 cm

4 meses e 3 dias

4 meses e 3 dias
8,300 kg e 66 cm

5 meses e 14 dias

5 meses e 14 dias
Peso 9,100 kg e medindo 71 cm

6 meses e 11 dias

6 meses e 11 dias
9,400 kg e 72 cm

7 meses e 15 dias

7 meses e 15 dias
10,400 kg e 74,5 cm

8 meses e 13 dias

8 meses e 13 dias
10,100 kg e 75 cm

9 meses e 13 dias

9 meses e 13 dias
10,490 kg e 77 cm

Sou a madrinha virtual do Arthur

Sou a madrinha virtual do Arthur

Madrinha virtual da Ana Clara

Madrinha virtual da Ana Clara

Namoradinho virtual (Guilherme)

Namoradinho virtual (Guilherme)

Em que mês estamos?

Subscribe

  • São exatamente :

    Pergunte-me no ASK

    Email

    Escolha sua lingua

    Publicações.

    segunda-feira, 13 de maio de 2013
    Esse ano de 2013, foi o meu 1° ano com a minha filhota aos braços.
    Dia das mães é todo dia, todo dia é uma novidade quando se fala em ter filhos, cada dia um sorriso, um choro, uma dor, uma alegria, um aprendizado e etc.
    A minha filha foi o meu melhor presente, nenhum outro presente a substituiria, pois é um presente que não perde, não desbota, não quebra, é um presente que temos a cada ano.
    Meus dia das mães foi em casa, pois aqui estava chovendo e eu não estava muito afim de sair de casa não, então preferir ficar por aqui mesmo curtindo cada momento com a filhota.
    Incrível que pareça neste domingo ela passou a tarde acordada...
    Ser mãe é ouvir o choro e descobrir o que esta sentindo, é babar cada sorriso, cada movimento, cada reação.
    Ser mãe é um momento único e só quem é sabe, é um amor platônico e insubstituível...

    1 comentários:

    Isabelle Joanne disse...

    Que homenagem linda! Ser mãe deve ser uma benção enorme mesmo. Feliz dia das mães atrasado, mas aliás, dia das mães é todo dia!

    Beijos
    http://irmacorujando.blogspot.com.br/